to top

3 lojas imperdíveis em Paris

capa_lojas_paris_nao_repete_decoracao2

Eu e a @guid acabamos de voltar de uma viagem incrível em que visitamos Paris e Amsterdam. A Guid com o olhar apurado para moda e estilo e eu encantada com as vitrines, mobiliários, iluminação e itens de decoração. Embora nosso foco nessa viagem não fosse compras, ou seja, não saímos caçando lojas em momento algum, algumas apareceram em nossos caminhos e, claro, não podemos ignorar um sinal do destino não é mesmo? rsrsr Separei três que mais amamos para mostrar para vocês. Sério, a cada passo era um “-olha isso!”, “-nhóóó, que fofooo”, e lá se iam os Euros (ouch).   1. Le Petit Souk Focada em decoração infantil essa loja mexeu com a adulta aqui também. Além dos itens para crianças como almofadinhas,...

Continue reading

Combinando estilos diferentes

combinando_estilos_diferentes_nao_repete_decoracao

Um é clássico e outro moderno. Vixe, e agora? Quem vai ter que ceder? Essas perguntas assombram muita gente que mora junto e que, na hora de decorar, não conseguem chegar em um acordo, tornando a tarefa que era para ser super prazerosa em uma fonte de discórdia e frustrações. Mas quem disse que o estilo da decoração não pode viver em harmonia com vários outros? Ora, como a Guid já contou aqui no blog, todo mundo tem mais de um estilo para se vestir, e, na decoração, não é diferente. Uma casa com diferentes estilos é uma casa com personalidade forte. Ali mora gente que sabe o que gosta. E, como tudo nessa vida, a única regra é respeitar o...

Continue reading

Dicas baratas e infalíveis para iluminar seu ambiente

cover-iluminacao-naorepete-decoracao

Se tem uma dica que posso te dar, que vai fazer toda a diferença no seu ambiente é: se dedique à iluminação. Pontos de luz distribuídos de forma inteligente vão trazer um aconchego e uma paz pro seu coração que você não vai nem acreditar.   No meu apê não tive como fazer um projeto de iluminação profissional, com gesso, spots embutidos, com tudo funcionando lindamente. Aqui a verba é restrita e temos que ser criativos e, por isso, vou contar o que aprendi e que vocês podem tentar por aí também.   1. Temperatura da luz Pra mim é o aprendizado mais importante. Temperatura da luz nesse caso se refere à sua tonalidade, e atenção: quanto maior a temperatura mais “fria” é a cor. Medida...

Continue reading

Ideias para decorar com flâmulas

como_decorar_com_flâmulas_naorepete_capapost

A tendência handmade continua forte e sem sinais de baixa. Produtos criados por designers locais, feitos artesanalmente, em uma cadeia de produção também local estão disponíveis desde as feiras municipais até e-commerces na internet. Consumir sabendo a origem de um produto está muito mais acessível. E, é nesse contexto, que as flâmulas em tecido estão inseridas. Flag, bandeirinha, bandeirola, estandarte, não importa o nome, esse objeto tão lindo em sua simplicidade, geralmente é feito em algodão, estampada em serigrafia, ou pintada à mão, com acabamento em madeira e barbante, e com alguma mensagem ou símbolo que nos toca. Elas traduzem nosso estado de espírito e nos ajudam a materializar nossa personalidade e sentimentos no ambiente, proporcionando um visual leve, e,...

Continue reading

Já começou sua Urban Jungle?

urban_jungles_nao_repete

Dias atrás a Guid escreveu aqui no blog sobre a Cor do Ano - aquela eleita pela Pantone anualmente - e levantou a pergunta: Onde ela foi parar?  Corre lá ler o post e volta aqui. Eu espero.   Foi?   Então, desde que a Pantone comunicou que o Greenery seria a cor do ano de 2017 - cor essa que é escolhida baseada em vários estudos de tendências - fiquei curiosa para ver como essa cor seria interpretada e utilizada por designers - sejam gráficos, de moda, de interiores. O que significava a escolha dessa tonalidade? [caption id="" align="alignleft" width="294"] fonte: pantone.com.br[/caption] Rejuvenescer, revitalizar, reconectar. O Greenery representa todos esses sentimentos e, como a Guid bem pontuou, essa cor acabou se materializando lindamente em uma...

Continue reading

Você sabe o que é uma decoração Hygge?

capa-naorepete-hygge

Descobri que o termo é uma palavra de origem dinamarquesa e que pronuncia-se "hu-ga". O Hygge é um estilo de vida, e tem a ver com o aconchego, com aproveitar as coisas simples da vida, com deixar seu coração quentinho. Como os invernos na Dinamarca são muito rigorosos, com apenas quatro horas de sol por dia e temperaturas médias em torno de 0ºC, as pessoas passam muito tempo reclusas e, por isso, acabaram desenvolvendo esses universos de relaxamento, tranquilidade e conforto em suas casas. Muitos consideram esse lifestyle dinamarquês um dos fatores que tornaram o país o mais feliz do mundo em 2016 segundo o relatório da ONU.     Fotos Pinterest: 1, 2, 3, 4, 5, 6 E o que todas essas imagens...

Continue reading

Decor para Home Office

decoracao_home_office_nao_repete_capa

Vira e mexe alguém me pergunta  “Aro, mas o que você acha que dá pra fazer aqui nesse ambiente?” E como dar palpite é o que melhor a gente faz, aqui estou eu compartilhando com vocês meu pitaco mais recente.      No caso de hoje, Sauro, designer, 30 anos, acabou de se mudar para um apê novo aqui em Curitiba. Trabalha em Home Office e tá precisando de uma mãozinha para deixar o ambiente mais inspirador.       Como estão as coisas:   O que eu faria: 1) Bancada em “L” Gosto muito dessa opção pois amplia a área de trabalho e dá uma ótima possibilidade: variar a vista. Você pode trabalhar de frente para a janela, olhando para fora, aproveitando pausas de descanso de uma forma mais inspiradora....

Continue reading

7 opções para decorar a parede

capa_parede_naorepete1

Tenho uma parede aqui em casa que há tempos quero dar um up. Ela fica de frente para o sofá e comporta a televisão e um aparador. Olho para ela todos os dias e me incomoda. Falta alguma coisa. E eu estou aqui, na dúvida, simplesmente porque existe um mundo de possibilidades para trazer vida para esse pedacinho da sala. Compartilho com vocês algumas ideias que estou considerando:   1) Quadros Acho que essa é a primeira opção que sempre vem na cabeça. Existe uma infinidade de artes, molduras, tamanhos, formatos. Na hora de escolher quais quadros combinar, a minha preocupação é sempre a proporção. Quadros muito pequenos, que ficam perdidos no meio da parede, ou muito grandes, ou descentralizados, me incomodam demais. Resolvendo...

Continue reading

O estilo minimalista

minimalismo_decoracao_3

"Decoração estilo minimalista", essas palavras continuam fortes pelos @ de apartamentos, grupos de Facebook, lojas de departamento, Casas Cor. Mas do que realmente trata esse tal de Minimalismo? O Minimalismo apareceu em vários momentos do século XX, em diversas abordagens estéticas: arquitetura, design, artes plásticas, música. A característica principal é o uso mínimo de elementos para chegar ao resultado final. Mínimo de cores, de processos, de notas, de materiais, de linhas, de formas. Simplicidade. Até alguns meses atrás eu enxergava o minimalismo  dessa forma, apenas como estilo visual, mas um documentário me fez expandir esse conceito: "Minimalism: A Documentary About the Important Things" (Minimalismo: Um Documentário sobre as coisas importantes - em tradução livre - e tem no Netflix). Produzido pelos "The Minimalists", Joshua Fields Millburn e Ryan...

Continue reading

Faça você mesmo: 5 canais para acompanhar e colocar a mão na massa

fb-naorepete-faca_vpce_mesmo_diy

A cultura do “ Faça Você Mesmo ” ou DIY (Do It Yourself), está presente faz tempo no nosso dia a dia, e a crise que enfrentamos, que corrói nosso rico dinheirinho,  colabora para que esse comportamento esteja mais forte do que nunca. O DIY teve seus primeiros sinais no pós-guerra, lá nos anos 50, e tinha um foco maior no reparo de itens da casa. Na sequência, nos anos 60/70, com o crescimento do consumismo, muitos tiveram a vontade de fugir desse comportamento, optando por reduzir o consumo e transformar o fato de produzir sua própria comida, roupas, móveis, em uma alternativa para ser auto suficiente. Agora, nos anos 2000, e com a maravilhosa ajuda da internet, o “Faça Você...

Continue reading