to top

O que levar numa mala para Europa

fb-mala-para-europa-paris-e-amsterdam

Estou indo para a minha primeira viagem para a Europa e é óbvioooo que vou compartilhar tudo com vocês. Se inscreve lá no meu canal do youtube que eu vou postar vlogs TODOS os dias da viagem, e no meu instagram looks do dia, lugares e muito mais no stories. Juntos vamos mais longe, e quero vocês por perto. <3 Vou passar alguns dias em Paris e em Amsterdam, empolgação é o meu sobrenome agora.

E como qualquer começo de viagem a primeira coisa que quero compartilhar com vocês é a organização da mala. E dessa vez fiz da minha mala mais um desafio e mais um projeto de marcas locais.

Uma mala inteira apenas com marcas locais, da cabeça aos pés passando pelos acessórios.

Pra esse projeto estou levando parceiros de marcas curitibanas, da minha cidade. Mas acredito que consumir localmente é uma consciência do Brasil todo. Tudo o que é produzido aqui tem um valor enorme e um quentinho da nossa terra, precisamos valorizar mais isso na moda também.

Agora, vamos as dicas básicas para organizar a mala.

  • Veja como vai ser a temperatura do lugar que você vai enquanto estiver lá. (no meu caso, de 8 a 21ºC)
  • Planeje a mala, anote as peças que pretende levar e tente coordenar looks entre elas.
  • Para malas de frio, otimize com meias e peças fininhas e térmicas.
  • As novas regras para a mala em viagens internacionais são duas malas de 23kg, precisamos ser compactas mais do que nunca.

A minha mala para a Europa.

Com a minha escolha de levar apenas marcas locais, a minha mala virou um verdadeiro quebra-cabeças. Com tantas marcas incríveis, mas de estilos bem diferentes, eu tive que ralar para conseguir montar tudo com coerência.

Tabelas, anotações e fotos foram meus aliados nessa etapa.

E pra vocês entenderem um pouco mais do meu processo criativo da mala, e com isso também aplicar na vida de vocês, eu montei esse esquema aqui que resume tudo o que eu fiz.

  1. Primeiro defini as peças que eu precisava, pensando em coordenações entre si.
  2. Depois foi a vez das cores, uma paleta que fosse criativa e fugisse dos tons apenas básicos.

No fim, notei que todo esse desenvolvimento da mala foi quase um armário-capsula com estilo definido, vou fazer mais posts sobre isso quando voltar.

guia-para-mala-europa-paris-amsterdam

 

Vestido: Reptilia, Jacu.
Saia: Projeto 01, Reptilia.
Calça: Reptilia, The Brand.
Manga Curta: The Brand, Jossti, Jacu, Peita.
Manga Longa: Atelier Damatta, Reptilia, Jossti.
Casaco: 1994, Stich, Reptilia.
Capuz: Atelier Damatta.
Acessórios: Atelier Damatta, Austral Acessórios.
Sapatos: Tutu Sapatilhas, Gasp, Ous, Apuê.
Óculos de Sol: Jacu.
Lingerie: Moi Lingerie.

__
No vídeo aqui embaixo mostro peça por peça que entrou na mala de pertinho, vem conhecer! 

Agora eu espero vocês curtindo, compartilhando e vivendo tudo isso comigo, mesmo de longe.

Obrigada por estarem perto sempre. <3

#partiuParis

Guid Meinelecki

Guid Meinelecki

Hingrid Meinelecki, no instagram @guid brincando de moda com o Não Repete no facebook.

Leave a Comment