to top

Look Claire Underwood | House Of Cards

b8151e81-b54e-4d61-baea-ecd9c13e5884

O que eu acho de House of Cards, figurino e percepções.

Eu lembro bem quando me falaram pela primeira vez de House Of Cards: “uma série de política”. Nunca na vida que eu pensei que ia gostar de uma série de política. Relutei pra começar a assistir, torci o nariz para o primeiro episódio, talvez ainda no segundo fiquei meio assim. Mas, como a Netflix tarda mas não falha, a série me pegou de vez. Os episódios são sim bem densos e cheios de tramóias de politicagem, mas é justamente isso que nos prende do começo ao fim, e durante 3 temporadas. A evolução de cada personagem é notável, você parece que vai conhecendo bem e identificado cada fio da personalidade deles. E aquilo de amar e depois odiar, acontece.
Meu look inspirado não poderia ser diferente: Claire Underwood! Poderosíssima, morri de amores logo de cara. Os outfits dela sempre perfeitos e sua presença de mulher poderosa me inspiram muito. Tanto que foi um dos fatores pra minha coragem de cortar o cabelo curto: se Claire sustenta, eu também sustento! De todos os personagens da série ele é quem mais consegue expressar a sua personalidade pela roupa, tudo impecável.

house-of-cards

O que a Bárbara acha de House Of Cards, enredo e premiações.

barbara-rossi

Quando a Netflix disse que ia investir milhões em produções próprias, não brincou, ah mas não brincou messsssmo, até porque todas que falamos aqui até agora,são de lá. Tamo falando de House of Cards. Tamo falando de alto nível. Tamo falando de DAVID FINCHER como produtor executivo. Tamo falando de Kevin Spacey GANHADOR DO OSCAR como protagonista! Meu Deus. É uma bomba atrás da outra.

House of Cards, pra mim, é um exemplo de como a indústria audiovisual mudou e como as séries, hoje, se igualam com filmes. A mesma ansiedade que antes se sentia quando um ia na pré-estréia no cinema, hoje se tem quando a Netflix fala que vai liberar temporada nova. São atores de alto calibre, roteiros fechados e incríveis, produções caríssimas e maravilhosas. House of Cards mesmo, se passa em Washington, bastante cena interna, mas todo cuidado que se podia ter, tá ali! E o sucesso, de forma natural, vem junto. A série é publicamente amada até pelo Barack Obama queridíssimo, que diz ter inveja da maneira que o Frank lida com alguns assuntos na série. (sdds Obama já.)

Realmente não é algo tão fácil de se assistir, você tem que estar realmente focado. Até porque são muitos esquemas políticos, um passa a perna no outro, basta piscar que você já perde quem enfiou a faca nas costas de quem (metaforicamente falando…ou não). Enfim, eu particularmente sentia dificuldades em entender a história no começo, por isso sou tão grata à esse estilo de narração em que o Frank fala com a câmera e olha pra gente. Essa técnica é sempre usada com o intuito de puxar o telespectador de volta e questionar ele com relação ao que aconteceu naquele episódio. Me ajuda muito, pelo menos, e vocês?

A série é polêmica até fora da tela. A Robin Wright, que interpreta a pica grossa Claire Underwood (vencedora do Globo de Ouro em 2014 como melhor atriz em série dramática – dá licença!) questionou a produção do show quanto a desigualdade salarial entre ela e o Kevin Spacey. Se o personagem dela é tão importante quanto, e até mais popular que o Frank, nada mais justo, não? Esse pronunciamento ganhou bastante atenção (assim como devia) e tudo foi resolvido. Sendo realista, apenas acho que não teria um House of Cards sem a Claire. Como é aquela frase que costumam dizer…“Por trás de um grande Frank Underwood existe sempre uma Claire MAIOR AINDA.”

Meu look inspirado na Claire Underwood.


Camisa: Farm
Saia: C&A
Sapato: Não Sei. hahaha

Me senti A PRÓPRIA Claire usando esse look.

Guid Meinelecki

Guid Meinelecki

Hingrid Meinelecki, no instagram @guid brincando de moda com o Não Repete no facebook.

  • Lissa

    A M E I ! Assim, jamais conseguiria usar algo tão chique, não tem nada a ver comigo, mas queria conseguir, AMEI o seu look Claire, AMEI a foto, tudo, você está maravilhosa!!!! Pinterest já!

    2 de dezembro de 2016 at 03:19 Responder

Leave a Comment