to top

DESVENDANDO O DESFILE DA GUCCI

desfile-gucci-2018

Pra que servem os desfiles de moda?

Muito mais que mostrar as peças da nova coleção, os desfiles de moda viraram verdadeiros shows que trazem filosofia, conceito e muito pra gente pensar. Desfiles de moda viraram arte – e mesmo que a gente ache que nunca será impactado por isso, será sim. São os grandes desfiles de moda que ditam não só o que você irá vestir, mas como irá se comportar e aceitar as mudanças no futuro, por isso é importante entender tudo isso.

Foi o que aconteceu com o desfile da Gucci onde o estilista Alessandro Michelle trouxe pra passarela o manifesto feminista ciborgue da Donna Haraway.

“símbolo de uma possibilidade emancipatória por meio da qual podemos decidir nos tornar quem somos.”

Muita filosofia em formato de moda, o manifesto da Donna escrito há mais de 30 anos previa um futuro feito por ciborgues: criaturas sem gênero definido e completamente conectadas com a tecnologia. Daí vem os detalhes do desfile onde os modelos apareciam carregando suas próprias cabeças, e composições de looks completamente inusitados.

Filosofei mais sobre tudo isso no vídeo aqui embaixo, agora compartilha comigo o que você acha dessa evolução e de como a moda pode participar efetivamente da forma como nos comportamos na sociedade.

“Gucci Cyborg é pós-humana: tem olhos nas mãos, chifres de fauno, filhotes de dragão e cabeças duplicadas. É uma criatura biologicamente indefinida e culturalmente ciente. O último e extremo sinal de uma identidade miscigenada em constante transformação.”

desfile-gucci-2018-ciborgue
 ciborgue
Guid Meinelecki

Guid Meinelecki

Encorajo pessoas a vestir o que quiserem. Consultora de Estilo com Blog e Canal no Youtube pra poder ir além.

Leave a Comment