to top

Como Me Tornei Uma Executiva de Sucesso

executiva-de-sucesso

Lembro bem quando a palavra: executiva de sucesso entrou na minha vida, foi através dos meus pais. Eu ainda não entendia nada do que essa palavra queria dizer, mas já queria ser. Parecia importante, parecia imponente e parecia com muitos dinheiros na conta bancária.

E por muitos anos foi isso que eu imaginava de uma executiva de sucesso, imaginava até mesmo o look dela, com um blazer muito bem cortado, com uma saia lápis perfeita no corpo, um salto, e de novo, vários dinheiros na conta bancária. Nem sempre dona de uma empresa, mas sempre responsável por realizar projetos e os sonhos dela. Sendo assim uma executiva, de sucesso.

Durante a minha carreira ouvi pouco esse termo, pois não é muito usado em áreas que trabalham com criatividade. No meio de diretores de arte, gerentes de projeto, quem seria uma executiva? Parecia até mesmo alguém menos importante. Até que outro dia, enquanto pedia conselhos de negócio para o meu irmão ele falou: você percebeu que agora você é uma executiva?

Eu ri.

E ele falou: é sim, executiva é quem EXECUTA, quem realiza e você é exatamente essa pessoa agora.

E foi assim que me tornei uma executiva de sucesso.

De sucesso pois, conseguir executar meus sonhos e tira-los do papel, pra mim, é um grande sucesso. O look é diferente do que eu imaginei e a conta bancária também, mas o sentimento é o mesmo de quando eu apenas sonhava em ser uma executiva.

E você, já parou pra pensar se também não é uma executiva de sucesso?

Foto: Kelly Gequelim Fotografia

Guid Meinelecki

Guid Meinelecki

Hingrid Meinelecki, no instagram @guid brincando de moda com o Não Repete no facebook.

  • Lizzie Renata

    Adorei! Os nossos pensamentos realmente levam a gente para onde quisermos ir! Mesmo aqueles que ficam escondidos no fundo da mente, por isso minha mãe sempre diz “quando for pedir algo PEÇA DIREITO!” HAHAHA
    Minha mãe sempre quis ter um Puma https://i.pinimg.com/originals/2c/49/0f/2c490ff9f6c414972626649b000d45dd.jpg
    só que quando ela queria era o carro mais MANEEEIRO da época…mil anos depois ela comprou mas dai já era uma
    espelunca hahahahaha
    Por isso ela fala “em vez de pedir ‘o carro tal’ peça o carro do ano!” hahahaha

    Bjus!

    4 de dezembro de 2017 at 16:52 Responder
  • Gabriela Diana

    Não podemos esquecer nunca de objetivar nossos sonhos como se ele já estivesse acontecendo, sentindo a alegria antecipada, aí fazemos a nossa or(ação) e o universo se encarrega da concretização…
    Lindo texto! Parabéns

    4 de dezembro de 2017 at 17:59 Responder
  • Tais

    Simplesmente amai …acredito que tabem estou no caminho em ser uma executiva de sucesso …. kkkk

    4 de dezembro de 2017 at 22:13 Responder

Leave a Comment