to top

VIDINHA DE BALADA

vidinha-de-balada

“Vai namorar comigo, sim” Tô aqui, com o pé atrás de escrever esse texto. Mas tô também achando que ele precisa ir pro mundo. Então vou começar com uma história sobre outra coisa. Quando assisti Passageiros (Passengers, 2016), sai do cinema com a sensação de ter visto um bom filme de romance, ficção científica e aventura. Logo depois, terminei a leitura da crítica do filme feita pelo Pablo Villaça, do portal Cinema em Cena, e minhas reações foram, na sequência: concordar com absolutamente tudo que Pablo escreveu, morrer de vergonha por ter gostado daquele filme – que não era nem de romance, nem de ficção científica, nem de aventura – e nunca mais falar sobre isso. Fiel à minha última reação, e também querendo...

Continue reading